Umidade no rodapé da parede? Veja o que fazer!

13.dez, 2019 |
  • Dicas,
| Nenhum Comentário

Você certamente já ouviu falar ou leu por aí, que a água proveniente de alguma infiltração pode se espalhar por lajes e paredes, e acabar aparecendo ou até minando em lugares bem distantes da sua origem. Para você entender como isso acontece vamos tomar como exemplo a umidade no rodapé.

Se você não sabe, o rodapé é aquele cantinho formado na junção do piso com as paredes.

Neles, normalmente são instalados acabamentos, que na maioria das vezes são em madeira.

Por ser um local de transição de materiais, onde trabalham o concreto da laje e os blocos da parede, acaba sendo um lugar perfeito para a água de infiltrações aparecer.

Como isso acontece em apartamentos?

Em prédios, é muito comum haver falhas nos rejuntes dos banheiros, ralos quebrados embutidos em lajes maciças ou canos com vazamento nas paredes.

Em todos esses casos, a água que deveria seguir para o esgoto ou para ser consumida desvia do seu caminho e acaba se alojando no interior das lajes e paredes.

Assim, auxiliada pela gravidade, ela escorre por dentro das paredes e vai aparecer no rodapé do primeiro apartamento que tiver falha nessa junção.

Muitas vezes, isso pode aparecer dois, três, quatro ou até mais andares abaixo, o que torna a detecção da origem super difícil.

Inclusive, nada impede que um vazamento no banheiro apareça no rodapé da parede do quarto, ou qualquer outra adjacente, pois a água sempre procura o caminho mais fácil.

O que fazer quando aparecer umidade no rodapé da parede?

Fique atento aos primeiros sinais, que são a aparição de bolhas ou manchas próximas ao rodapé.

Quanto antes o problema for combatido, menor será o estrago.

Notifique os responsáveis pelo prédio sobre o ocorrido.

Uma vez detectado, é necessário encontrar a origem do vazamento.

Essa é a parte mais difícil.

O ideal é contratar uma empresa especializada e idônea para realizar uma minuciosa vistoria em todos os pontos visíveis dos andares superiores.

Ao mesmo tempo, os reparos precisam ser realizados.

O caminho não é fácil, mas necessário

Enquanto isso, o ponto de infiltração precisa ser monitorado. Caso a umidade pare, está tudo resolvido, porém, se continuar, é preciso investigar mais a fundo: isolar, ou seja, não usar o banheiro do andar de cima, por pelo menos uma semana pode ser a solução.

Assim, por exclusão chega-se ao andar onde está vazando.

Para saber se a água é da rede de abastecimento ou do esgoto, é necessário aplicar corante na água que vai para o esgoto e aguardar poucos dias para ver se ela chega no local da infiltração com a mesma cor.

Se chegar, bingo! a água vem da tubulação de esgoto.

Se continuar incolor, a água vem da rede de abastecimento.

Prossiga com os reparos.

Quando concluído, não pode haver mais presença de umidade no andar de baixo.

Agora é a hora de reparar os seus danos.

Muitas vezes, quando em madeira, é preciso trocar a parte do rodapé atingido, a umidade nas paredes precisa ser limpa com água sanitária e só depois disso, devem receber massa corrida e pintura.

Muitas vezes todo esse processo pode levar meses para acontecer e depende da iniciativa dos responsáveis pelo prédio cobrarem dos condôminos envolvidos as providências necessárias para a solução.

Lembre-se! Toda infiltração traz riscos para a saúde da sua família, não permita que situações dessa natureza se perpetuem sem uma solução definitiva.

Já teve problemas com infiltração no rodapé? Compartilhe com a gente!

Via: Fiber Sals

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA