Normas de segurança para playground

14.dez, 2018 |
  • Dicas,
| Nenhum Comentário

Com a chegada das férias, todo cuidado com as crianças é pouco, principalmente em relação a sua segurança. Diante disso, o síndico deve está sempre alerta às normas de segurança do condomínio e comunicar os moradores e funcionários sobre o exercício do regimento interno.

 

Áreas de uso comum no condomínio, como por exemplo: salões de festas, piscinas, playgrounds e garagens, precisam receber cuidados e serem utilizadas com responsabilidade visitantes, moradores e prestadores de serviço. Cabe ao síndico conduzir os funcionários, além de procurar obter uma clara comunicação entre os moradores  sobre as principais normas de segurança, ressaltando sempre que ela precisa ser seguidas por todos

 

Escolhendo os brinquedos

Os playgrounds precisam adequar seus brinquedos à faixa etária dos seus usuários, ampliando as opções aos condomínios.

 

Idade de 0 a 5 anos

Nessa idade, o corpo da criança necessita de espaço para que ela se movimente e interaja com os objetos.Tendo como sugestões: gira-gira diversos, escorregadores, gangorras, túneis, cama elástica, piscina de bolinhas (quando coberta e higienizada diariamente), balanços, mesa de atividade, objetos para arremessar, blocos gigantes para montar, cercadinhos, tanque de areia (obrigatoriamente higienizado com frequência), trenzinhos etc. Principalmente sem parafusos, de preferência em plástico rotomoldado.

 

Idade de 5 a 10 anos

O lugar de recreação dessa fase pode conter elementos que contenham formatos de faz-de-conta, como castelos, perfis de animais, entre outros. Já com crianças próximas dos 10 anos, o brinquedo coletivo ocupará um espaço maior em suas fantasias, pois eles próprios se organizam para competir e mostrar suas habilidades. Sugestões: balanços, escorregadores, gira-gira, casinhas para subir e descer, cama elástica e túneis. A segurança ainda precisa ser prioridade, mas, os materiais podem ser mais brutos, incorporando madeira.

 

Idade de 10 a 12 anos

Nesta etapa é preciso que os brinquedos tragam desafios, possibilitem gastar mais energia e estimulem a vivência em grupo.

Segurança em playground nos condomínios

As medidas de prevenção são fundamentais para diminuir ou erradicar acidentes resultantes de uma má manutenção ou por outros motivos que podem responsabilizar o síndico civil e criminalmente. É primordial que a definição de um conjunto de normas para a segurança para playground seja discutida e como é devido, aprovada em assembleia. Essas normas também devem estar em constante revisão e readequadas quando necessário.

Comunicação efetiva

Construir uma comunicação clara e eficiente é indispensável. Com isso, os condôminos possuem acesso à informações fundamentais sobre o ambiente, como por exemplo: horário de funcionamento do playground ou da necessidade de acompanhamento de um adulto ou de uma pessoa responsável para crianças menores de dez anos.

Manutenção em dia

Qualquer tipo de brinquedo que for instalado deverá estar de acordo com normas da ABNT e precisam ser fiscalizados regularmente, a fim de prevenir qualquer tipo de irregularidade que possa colocar a segurança das crianças em risco. Uma devida manutenção precisa ser realizada com periodicidade, averiguando se existem parafusos soltos ou a possível presença de ferrugem, tinta solta nos brinquedos, tudo isso colabora com o aumento da segurança dos pequenos, além de aumentar a durabilidade dos brinquedos.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA