Manutenção periódica no condomínio: quando e o que fazer?

16.nov, 2018 |
  • Dicas,
| Nenhum Comentário

A manutenção condominial periódica é fundamental para o bom andamento da vida dos moradores e para a saúde do caixa. O síndico precisa se atentar às questões legais e programar uma agenda de itens que devem passar por manutenção no condomínio atendendo a uma periodicidade definida e específica para cada um deles. Desta forma, ele antecipa demandas, consegue economizar e organiza sua gestão.

Periodicidade de manutenção condominial: O que deve ser feito e porque fazer

 

Limpeza de calhas

manutenção condominial periodicidade para limpeza de calhas no condomínio

Em caso de chuvas fortes, pode haver vazamentos indesejados, caso as calhas não estejam bem limpas e desobstruídas. Muitas vezes, elas ficam no apartamento de cobertura dos condomínios e, mesmo assim, a limpeza deve ser providenciada pelo síndico para que não haja maiores prejuízos.

Trata-se um serviço simples que só vai depender do tamanho do condomínio. Para evitar transtornos, o ideal é fazer a manutenção rotineira e preventiva das calhas mensalmente. Os próprios faxineiros do prédio podem dar conta disso.

 

Limpeza da caixa d’água

manutenção condominial periodicidade para limpeza da caixa d'água no condomínio

A limpeza da caixa d´água deve ser feita duas vezes por ano. O ideal é programar este serviço para outubro e fevereiro. Desta forma, os moradores terão água em boas condições durante o ano todo. Talvez seja necessário, também, fazer a impermeabilização da caixa d´água.

 

Limpeza da fachada

manutenção condominial periodicidade para limpeza da fachada no condomínio

Em São Paulo, segundo o decreto-lei, as fachadas dos prédios visíveis de logradouros públicos deverão ser pintadas ou lavadas, em conformidade com os respectivos revestimentos, no mínimo a cada 5 anos, de modo a ostentarem adequadas condições estéticas. O não cumprimento está sujeito à multa. Já Porto Alegre e Rio de Janeiro têm suas legislações específicas. O síndico deve pesquisar sobre sua região para que realize este serviço conforme especificação local.

Inspeção predial

manutenção condominial periodicidade para inspeção predial no condomínio

Uma vez por ano, a inspeção predial deve ser feita, avaliando itens importantes da edificação como um todo. Quando houver necessidade de obras, programe-as para antes da inspeção, para que os defeitos ou eventuais problemas sejam resolvidos.

 

Dedetização

manutenção condominial periodicidade para dedetização e desratização no condomínio

Recomenda-se que se façam duas dedetizações/desratizações por ano, idealmente em outubro e abril. O objetivo é afastar as pragas urbanas, como insetos e ratos.

 

Cuidados com a piscina

manutenção condominial periodicidade para limpeza da piscina no condomínio

A manutenção da piscina é bastante detalhada e há a necessidade de cuidados diários. A filtragem deve ser feita diariamente. O controle do cloro, a cada dois dias. O controle do PH da água duas vezes por semana. Já a aspiração, a lavagem das bordas e a retrolavagem do filtro devem ser realizadas uma vez por semana. A clarificação e a decantação devem ser feitas sempre que necessário.

 

 

Elevadores

manutenção condominial periodicidade para manutenção de elevadores no condomínio

Os condomínios são obrigados por lei a manter uma empresa de manutenções corretivas e preventivas para os elevadores. Fazendo isso, você saberá quando é chegada a hora de uma modernização da estrutura dos elevadores para a segurança de todos os moradores estará garantida.

A modernização total dos aparelhos costuma ocorrer, geralmente, quando o edifício completar 15 anos de existência.

Extintores

manutenção condominial periodicidade para manutenção de extintores no condomínio

A manutenção dos extintores de incêndio merece um capítulo à parte no post de hoje, tamanha a sua importância para a segurança dos moradores e do patrimônio.

Este serviço pode ser preventivo ou corretivo e, obrigatoriamente, deve ser realizado por empresa registrada junto ao Inmetro. A manutenção é realizada em 3 níveis: preventivo, preventivo e corretivo e revisão total.

Para os extintores usados, a manutenção de 2º nível deverá ocorrer a cada 12 meses, contados a partir da última manutenção. Este intervalo poderá ser reduzido se estiver submetido a condições severas ou adversas, ou ainda se for indicado por uma inspeção técnica.

 

Instalações elétricas

manutenção condominial periodicidade para manutenção elétrica no condomínio

No quadro de distribuição de circuitos, os serviços para reapertar as conexões devem ser realizados anualmente. Já o ato de desligar e religar disjuntores diferenciais do quadro elétrico deve ocorrer mensalmente. Nas tomadas, interruptores e pontos de luz, reaperte as conexões e verifique o estado dos contatos elétricos – substituindo as peças que estiverem desgastadas -, a cada dois anos.

 

Para-raios

manutenção condominial periodicidade para manutenção de para raios no condomínio

O laudo do para-raios dura um ano, mas a recomendação é que o mesmo passe por uma inspeção a cada seis meses. A norma técnica que regulamenta o Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica (SPDA) é a NBR 5419:2005.

Um dos itens da norma é sobre o atestado de medição ôhmica do Sistema, que deve ser realizado anualmente. Porém, é preciso ficar atento já que este prazo para medição ôhmica varia conforme o tipo de edificação. E cada cidade tem códigos de obras específicos tratando do assunto.

 

Fonte: Fiber Sals

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA