Aprenda como economizar energia no condomínio

12.nov, 2018 |
  • Sem categoria,
| Nenhum Comentário

As contas do condomínio estão altas? A conta de energia elétrica gera cada vez mais despesas para as contas do condomínio? Os moradores reclamam cada vez mais da parcela que os gastos com energia acarretam para o condomínio? Se essas questões são feitas por você, está na hora de aprender como economizar energia elétrica!

Por ser um gasto comum a todos os condôminos, fica difícil mensurar e controlar qual o local que está gerando maiores gastos. Mesmo assim é possível adotar medidas que diminuam essa despesa.

Para facilitar a busca pelas melhores soluções para economizar energia no condomínio iremos dividi-las em duas categorias: as de baixo e alto investimento.

Baixo investimento:

Economize água

Pode parecer estranho, mas se o gasto de água for menor o consumo de energia elétrica também será reduzido. Isso ocorre porque com a diminuição da demanda de água, menos a bomba hidráulica irá trabalhar para levar água até as caixas.

Pintura

Você sabia que pintar os ambientes internos com cores claras diminui o consumo de energia? Isso porque os ambientes ficam mais claros e diminuem a necessidade de iluminação durante o dia.

Troque as lâmpadas

Exatamente! Troque as lâmpadas normais por lâmpadas fluorescentes ou por outras de LED. O gasto para comprar pode parecer alto a princípio, mas a troca resultará em uma economia de aproximadamente 75% em relação as tradicionais lâmpadas incandescentes.

Sensores de presença para lâmpadas

Essa mudança não precisa de muita explicação, certo? Com a instalação desse poderoso aliado da economia de energia em condomínios, as lâmpadas ficarão acesas por menos tempo. A instalação de sensores de presença para lâmpadas gera uma economia significativa no final do mês.

Alto investimento:

Elevadores novos

Condomínios e prédios mais antigos normalmente apresentam gastos com energia elétrica muito maiores se comparados a prédios mais novos.

Para economizar energia no condomínio mais antigo é necessário realizar a substituição dos elevadores. Apesar do alto custo para realizar essa troca, o resultado apresentado é uma economia de até 40%.

Mas vale lembrar que esse investimento só vale se o elevador que será substituído superar os 15 anos de uso.

Outra dica que não gera custos, é a realização de uma campanha de conscientização dos moradores e funcionários, que pode ser feita com a distribuição de panfletos, cartazes no mural do prédio ou através de um sistema de gestão de condomínios.

 

Fonte: Condo Brasil

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA