Entupimento em apartamento: como resolver?

26.out, 2018 |
  • Notícias do Mercado,
| Nenhum Comentário

Todo mundo gosta de passar um fim de semana tranquilo, sem preocupações e surpresas desagradáveis. Mas isso pode mudar muito rápido e trazer uma dor de cabeça muito grande.

Um entupimento em apartamento pode espalhar preocupação para todos os moradores do condomínio. Afinal, o próximo problema pode ser no seu apartamento. Mas como esse problema acontece? É possível evitá-lo? Descubra isso e muito mais a seguir.

Entenda como o entupimento acontece

Uma das principais causas de entupimento em apartamento é pelo descarte incorreto de resíduos. Esse problema pode começar ainda na construção do prédio, com descarte de cimento, tijolos e outros materiais nas tubulações. Mas existem outros tipos que causam entupimento em apartamento. Entre eles destacamos jogar papel higiênico, preservativos, fraldas e outros itens no vaso sanitário.

Algumas vezes itens que “escorregam” pelo ralo da pia podem causar grandes entupimentos. Como plástico filme usado para embalar alimentos, papel alumínio, palha de aço e muitos outros itens.

Outro fator que causa entupimento em apartamento é a falta de manutenção preventiva. Alguns condomínios adotam uma manutenção anual, com isso evitam-se emergências e surpresas desagradáveis. Empresas que fazem esse tipo de serviço fazem a manutenção e, se algum cano apresentar entupimento durante a manutenção, o problema é resolvido instantaneamente.

Como prevenir o entupimento em apartamentos

Todos os condôminos podem adotar medidas simples para evitar esse tipo de problema. O primeiro passo é não jogar nenhum tipo de material nos ralos ou no vaso sanitário. Outra dica é usar um acessório que pode ser instalado na tubulação do ralo, uma espécie de “cestinha” impede que cabelos e outros detritos desçam pela tubulação.

Muitos não imaginam, mas um dos maiores vilões do entupimento em apartamentos é o óleo de cozinha. O líquido gorduroso vai se aderindo a diversos materiais nos canos e forma crostas que impedem a passagem da água. Além disso, o óleo de cozinha é extremamente prejudicial para o meio ambiente, podendo contaminar aproximadamente um milhão de litros de água a cada litro de óleo.

Caixa de gordura e esgoto

A caixa de gordura tem o papel de reter todas as gorduras presentes nas tubulações, evitando que esses dejetos sejam despejados no esgoto. No entanto, é importante lembrar que essa caixa deve ser limpa periodicamente para evitar vazamentos.

Ao contrário da caixa de gordura, a caixa de esgoto não retém nenhum tipo de material, mas, assim como a caixa de gordura, deve passar por duas limpezas anuais para evitar entupimento. Converse com o zelador ou com o síndico para saber sobre a limpeza das caixas e se o seu prédio tem manutenção preventiva. Evite de problemas maiores.

Fonte: Condo Brasil

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA