Os efeitos que o barulho excessivo pode ter na vida das pessoas

10.maio, 2018 |
  • Dicas,
| Nenhum Comentário

 

Pesquisas mostram que o ruído fora de controle é um dos agentes mais nocivos à saúde humana. Como esse mês comemorou-se o dia do silêncio (07/05), nossa matéria de hoje vai falar sobre os efeitos que o excesso de barulho/ ruído podem causar na vida das pessoas. Venha conferir:

 

Danos auditivos: Um dos primeiros sintomas é o zumbido nos ouvidos que, com o tempo pode afetar o indivíduo de outras formas além da dificuldade auditiva, causando distúrbios de atenção, ansiedade, insônia, depressão, baixo rendimento no trabalho ou escola.

 

Hipertensão: Até mesmo quando se está dormindo o excesso de ruído contribui para aumentar a pressão arterial. Barulhos vindos da rua, provocados por buzinas e motores de veículos e também de aeronaves, e até mesmo o ronco de alguém dormindo ao nosso lado, contribuem para situações de hipertensão.

 

Insônia: O barulho começa a prejudicar o sono a partir de 30 decibéis, e, para se ter uma idéia da sua interferência, quando o som ultrapassa os 65 decibéis, 40% do tempo do sono profundo, responsável pela recuperação física, mental e psicológica é perdido. E as conseqüências de uma noite ruim, todos já conhecem, não é mesmo? Desatenção, sonolência e baixo rendimento são os companheiros do dia seguinte.

 

Para as crianças…

O excesso de ruído pode, ainda, dificultar o desenvolvimento cognitivo delas, o que atrapalha a comunicação e pode acarretar uma série de aborrecimentos.

 

Em suma, devemos evitar a proximidade com fontes sonoras, como caixas de som e fogos de artifício. Cuidado com o volume dos fones de ouvido, especialmente se estiver em um ambiente ruidoso, como as salas de academia, evite locais barulhentos,feche as janelas quando o ruído externo estiver muito alto, abaixe o volume da sua televisão o máximo que conseguir, etc. Agora que você já sabe coloque em prática nossas dicas e cuide da sua saúde! 😊😉

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA