Como economizar água no condomínio

19.mar, 2018 |
  • Notícias para Condomínios,
| Nenhum Comentário

Em um condomínio, o consumo de água pode tomar proporções gigantescas e, muitas vezes, o desperdício é um vilão silencioso. Quando se trata de grandes grupos de pessoas dividindo os mesmos espaços, a economia de água deve ser fruto de um trabalho coletivo, que não se restringe apenas às ações do síndico, mas envolve todos os moradores em uma missão de conscientização. O bolso e a natureza agradecem!

Conscientização e comunicação

A conscientização vai muito além de fechar a torneira enquanto se escova os dentes: implica em responsabilidade e atenção aos detalhes. Compartilhar dados sobre o consumo e os custos da água nas áreas comuns é uma forma eficiente de engajar os moradores na luta individual pela redução do consumo, e também deixá-los mais atentos à dinâmica coletiva no condomínio. A transparência é uma aliada da conscientização.

Missão sustentável

Para além das questões financeiras, economizar água no condomínio é também uma missão em defesa do meio ambiente. Além disso, o engajamento em ações sustentáveis nos dias de hoje acaba por agregar valor aos imóveis, de modo que os condôminos podem se beneficiar mesmo diante de uma oportunidade de venda de seus apartamentos ou casas.

A certificação LEED, por exemplo, considera o consumo sustentável e o reaproveitamento de recursos naturais na avaliação dos empreendimentos. O certificado faz parte de um sistema internacional que tem por objetivo incentivar que projetos, obras e operações em edificações tenham foco na sustentabilidade desde a concepção. Prédios certificados acabam tendo também diminuição nos custos operacionais, além de valorização do imóvel para revenda, dentre outros benefícios.

Sem vazamentos

Uma infiltração no apartamento de cima que nem você, nem o vizinho identificaram a tempo, ou um cano quebrado em um apartamento vazio que está para alugar são apenas dois exemplos de casos corriqueiros que, além de darem dor de cabeça, ainda causam grande desperdício de água. Vazamentos podem ser difíceis de serem identificados, por isso, a melhor solução nesses casos é fazer rotineiramente inspeções para identificá-los.

Consumo individual

Quando a conta de água é calculada pelo consumo coletivo dos moradores, dificilmente aqueles que desperdiçam água vão se sentir responsáveis pelo aumento dos custos. A solução mais indicada é propor em reunião de condomínio uma reestruturação do sistema para que passe a ser individualizado, com instalação de hidrômetros por apartamentos. Dessa maneira, cada um saberá exatamente quanto está gastando e poderá ter mais cuidado com o uso da água no dia a dia.

Atenção com as plantas e a limpeza

Plantas precisam de água, mas quem cuida delas nos espaços comuns deve considerar que excesso de água também mata! Conte com a água das chuvas para reduzir o consumo de água nas regas e opte pelo horário da noite. Na limpeza das áreas comuns, oriente os profissionais a utilizar baldes e panos úmidos ao invés da mangueira, de modo a controlar a água gasta. Caso haja espaço, vale a pena investir em um sistema de captação de água da chuva para esses fins.

Se você já tem ações de sucesso implementadas em seu condomínio, compartilhe nos comentários!

Fonte: Condlink

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *