Formas de lidar com o lixo produzido pelo condomínio

27.fev, 2018 |
  • Dicas,
| Nenhum Comentário

O lixo produzido em nossa casa e em nosso condomínio é um problema nosso! Esta é a primeira lição que deve ser entendida por síndicos e condôminos. É muito comum as pessoas esperarem que os governantes invistam em ações que garantam o recolhimento e o tratamento adequado dos resíduos. Isso gera uma expectativa, e nós, como cidadãos, devemos, sim, cobrar deles. No entanto, vale lembrar que tudo que nós produzimos também é nossa responsabilidade.

A coleta seletiva é uma ótima solução para que os condomínios lidem de forma adequada com a questão do lixo. Ao contrário do que muita gente imagina, implantar um sistema de coleta seletiva é muito simples. Hoje em dia, não é preciso separar os resíduos em diversas lixeiras. Ao separar os resíduos secos dos molhados, você já estará separando os materiais de forma eficiente.

O problema da falta de espaço

Muitos condomínios sinalizam que a falta de espaço é um empecilho para a adoção da coleta seletiva. Isto de fato pode ser um problema, principalmente se você mora em um condomínio mais antigo, com poucas áreas comuns disponíveis. Mas até mesmo tais prédios podem inserir a separação de materiais em seu dia a dia.

Além de fazer a simples separação do lixo molhado do lixo seco, outra dica bacana é verificar com as cooperativas se elas podem buscar os resíduos em um intervalo de tempo menor. Ao fechar parcerias com mais de uma cooperativa, você terá muito mais chances de reduzir o tempo de armazenamento dos resíduos nos condomínios.

Contentores para armazenamento de resíduos

Se você mora em um condomínio com bastante espaço, uma boa sugestão é fazer a separação individual dos materiais. Assim você vai facilitar o trabalho da companhia de lixo da cidade e terá mais poder de negociação com as cooperativas parceiras. Algumas empresas reciclam apenas latas, outras trabalham somente com vidros. Com os resíduos separados em recipientes individuais – um para papéis, um para latas, um para vidros e um para plásticos –, será possível destinar esses materiais para cooperativas específicas.

Condomínios muito grandes produzem muito lixo. Dessa forma, armazenar todo o volume produzido naquelas pequenas lixeiras coloridas fica inviável. Uma boa sugestão é a compra de contentores para o armazenamento do lixo. Já existem empresas que trabalham especificamente com soluções para a implantação de coleta seletiva em condomínios. Estas empresas oferecem diversas opções de recipientes, inclusive modelos sustentáveis.

Ah, não esqueça: remédios, lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias devem ser descartados separadamente.

E então? Preparado para iniciar a coleta seletiva em seu condomínio? Compartilhe com amigos e vizinhos! O lixo produzido por você também é sua responsabilidade! 😉

Fonte: Condomínios Verdes

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *